A origem da palavra “você”

Poucos sabem, mas a palavra “você” serve-nos como o mais evidente exemplo do processo de evolução gramatical que implica no encurtamento dos vocábulos.

No final da idade moderna, por volta do século 14, para se dirigir a alguém, os portugueses utilizavam duas palavras: VOSSA MERCEDES. Tratava-se de uma locução pronominal.

Ao longo do tempo, tal expressão tornou-se menos formal, reduzindo-se ao termo VOSSA MERCÊ.

Durante o período colonial brasileiro, com o encontro das linguas e a mistura das raças, havendo tratamento mais comum e aberto, as duas palavras se reduziram a apenas uma: VOSSEMECÊ, que posteriormente se transformou em VOSMECÊ.

Por fim, finalizando o processo evolutivo, já no final do século 19, surge o conhecido VOCÊ.

Vale destacar também as variações populares, utilizadas por índios e escravos, como MECÊ, VANCÊ, VASSUNCÊ e OCÊ.

Hoje, com a advento da internet e o surgimento do internetês, a abreviação VC é empregada para o mesmo significado.

Curiosidade: em Portugal, “VOCÊ”  é um pronome de respeito. Lá, para se referir à segunda pessoa de forma íntima, usa-se com frequência a palavra TU. No Brasil, segundo o dicionário Aurélio, VOCÊ deve ser usado como tratamento entre iguais ou de superior para inferior.

2 comentários to “A origem da palavra “você””

  1. cj disse:

    2o.! Não quero ser o 1o. pq todo mundo come o cu dele! Agora vai ter um monte de viadinho colocando:”comi o 2o.!”

  2. Lia disse:

    Sabe que, de vez em quando, eu me perguntava de onde tinha vindo o “você”? Eu sabia do vosmecê, mas só ia até aí. =P

    Onde eu moro, a gente segue mais ou menos esse estilo de Portugal.
    Mas, diferentemente dos gaúchos, nós conjugamos corretamente a 2ª pessoa do singular [pelo menos a maioria faz isso.. hehehe]. Você pode perceber isso nos meus textos.
    Ah! E isso não foi uma crítica aos gaúchos. Hehehe

Deixe um comentário